quinta-feira, março 02, 2006

Dan Brown acusado de plágio

O escritor Dan Brown está desde segunda-feira a ser acusado, em Londres, de plagiar as ideias usadas no seu “best-seller” O Código Da Vinci de um outro livro publicado por dois britânicos em 1982.
Os dois queixosos, Michael Baigent e Richard Leigh, acusam Brown de se ter apropriado do tema central da obra The Holy Blood and the Holy Grail e processam ainda a editora Random House, que publicou ambos os livros, por violação de direitos de autor, exigindo cerca de 15 milhões de euros de indemnização.
The Holy Blood and the Holy Grail, publicado em Portugal com o título O Sangue de Cristo e o Santo Graal pela Livros do Brasil, conta com um terceiro co-autor, Henry Lincoln, que preferiu não se envolver no processo. A obra pseudo-histórica parte do pressuposto de que Jesus Cristo pode não ter morrido na cruz, tendo-se refugiado em França com Maria Madalena e cuja dinastia foi protegida pela Ordem do Templários. Enquanto isso a Igreja Católica teria procurado eliminar os descendentes de Cristo durante o período da Inquisição.
Dan Brown afirma conhecer o livro dos três britânicos, chegando mesmo a mencioná-lo no seu romance, juntamente com outros três livros, e a baptizar uma das personagens com o nome de Sir Leigh Teabing, um anagrama dos nomes dos queixosos, no entanto refere que este teve pouca influência no seu livro.
Já a Random House rejeita qualquer tipo de acusação, argumentando que a lei do Reino Unido não protege “direitos” sobre ideias ou teorias históricas.
“Sugerir um Jesus casado é uma coisa, mas pôr em causa a ressurreição mina o próprio coração da crença cristã”, declarou Dan Brown aos jornalistas à porta do tribunal.
Caso os dois queixosos vençam, a estreia prevista para 19 de Maio do filme O Código da Vinci, com Tom Hanks e Audrey Tatou nos principais papéis, poderá estar em risco.
De momento o processo encontra-se suspenso até à próxima terça-feira para que os juízes possam ler as obras envolvidas.

Fontes:
DN
LUSA

1 Comments:

At 1:52 da tarde, Blogger Marta Aguiar said...

Ceus... ja querem extorquir umas massas ao Dan Brown...

o Holy Blood and The Holy Grail, não é, como tu mt bem referes, o unico livro que fala desta tematica... alias a ideia de Jesus casado e de uma descendecia Dele com Maria Madalena, nem sequer é nova, como eu vim a descobrir por um documetario ha algum tempo atras... o Codigo De DaVInci lançou este tema para as "bocas do mundo" pk o livro teve sucesso... naõ admira aliás pois trata-se de um romance e logo com um publico muito mais abrangente que um livro histórico...
a demanda pelo Graal então... é intemporal...

por essa ordem de ideias entao estava meio mundo em tribunal... só em romances que tem como historia-base a mocinha que morre de amor porque era um romance proibido pelos pais...

ainda bem que o Shakespeare já não está entre nós... se não os tribunais iam ter muitoooooooo trabalhinho:D

 

Enviar um comentário

<< Home